jusbrasil.com.br
23 de Fevereiro de 2020

Mais de R$ 2,1 bilhões estão disponíveis para saque do PIS/PASEP até 30 de junho

Cerca de 2,4 milhões de trabalhadores ainda não sacaram o dinheiro

Jucineia Prussak, Advogado
Publicado por Jucineia Prussak
há 4 anos

Mais de R 21 bilhes esto disponveis para saque do PISPASEP at 30 de junho

Quem tem direito - Têm direito ao Abono Salarial os trabalhadores que estão cadastrados no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos; com remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base de atribuição do benefício; e que exerceram atividade remunerada durante pelo menos 30 dias. O abono equivale ao valor de um salário mínimo, vigente na data de pagamento (R$ 880).

Mais de R$ 2,1 bilhões em pagamentos do PIS/PASEP do calendário 2015 estão disponíveis para saque pelos trabalhadores brasileiros. Os recursos devem ser retirados nas agências da Caixa e Banco do Brasil até 30 de junho. Após essa data, retornam para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Mais de 2,4 milhões de trabalhadores deixaram de sacar o abono dentro do calendário estabelecido, o que representa 11% dos beneficiados.

De acordo com balanço divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), dos 23,5 milhões de trabalhadores com direito a receber o abono, 21 milhões já receberam o benefício, totalizando R$ 17,5 bilhões. A maior taxa de cobertura entre as regiões foi alcançada na Região Nordeste, onde o MTPS pagou R$ 4 bilhões em benefícios a 94% dos beneficiados.

A região Sudeste lidera o número dos que ainda não sacaram o PIS/PASEP, com 1,2 milhão de beneficiados, sendo 776 mil só no estado de São Paulo. Os demais estão distribuídos nas regiões Sul (463 mil); Nordeste (310 mil); Centro-Oeste (203 mil) e Norte (158 mil).

Com objetivo de dar ampla publicidade sobre o direito ao saque, o MTPS vai enviar uma correspondência no endereço de domicílio dos trabalhadores que podem sacar o benefício. “Pretendemos alcançar com o envio das comunicações aproximadamente 1,2 milhão de beneficiários que estão com o endereço válido na base de dados”, explica o coordenador do Seguro-Desemprego e Abono Salarial, Márcio Ubiratan Brito.

Antes de sacar o PIS, o trabalhador deverá verificar se o benefício não foi depositado diretamente na conta. Caso contrário, deve comparecer com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada nos terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, o beneficiado pode receber o abono em qualquer agência da Caixa mediante apresentação de um documento de identificação.

Já os participantes do PASEP (Banco do Brasil), após verificar se houve depósito na conta, devem procurar a agência e apresentar um documento de identificação.

O Programa de Integracao Social (PIS) e o Programa de Formacao do Patrimonio do Servidor Público (PASEP) são contribuições sociais de natureza tributária, devidas pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do Seguro-Desemprego e Abono Salarial. O PIS destinado aos funcionários de empresas privadas regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e o PASEP é destinado aos servidores públicos.

Informações - As informações sobre o direito ao saque também podem ser obtidas pela Central de Atendimento Alô Trabalho – 158; pelo 0800-7260207, da Caixa; e pelo 0800-7290001, do Banco do Brasil.

Fonte"Ministério do Trabalho e Previdência Social"

Dicas


https://www.facebook.com/Jucin%C3%A9ia-Prussak-863023067142820/?ref=aymt_homepage_panel

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Participo que infelizmente o Banco do Brasil está se negando a fornecer, amigavelmente, os saldos existentes nas Contas PASEP, neste caso estamos tendo que entrar na Justiça Comum, visando a obtenção desses valores, os quais foram depositados até outubro de 1988, portanto, o único caminho que resta é o Ajuizamento de uma Ação Cível Pública em face do Banco do Brasil, desta forma teremos nossos Direito Adquiridos, ressarcidos na sua integralidade, com juros e moras. Boa Sorte a todos. continuar lendo

Cara Dr. Jucineia!
Agradeço se puder me esclarecer sobre a parcela do PIS, referente a contribuintes com 70 ou mais anos, tanto no que diz respeito ao necessário para que seja sacada, considerando, ainda, que, devido ao longo tempo decorrido desde a minha aposentadoria, já não possuo nem a carteira de trabalho e nem o número de inscrição no PIS..
Obrigado por sua atenção. continuar lendo

Como não sei se você teria condições de obter meu e-mail, informo que posso fornecê-lo, se o quiser, pela minha página no Facebook. continuar lendo